VISITE MEU NOVO SITE!

Caro Leitor,

quero convidá-lo a acessar meu novo site leonardopalmeira.com.br. Lá você vai encontrar todo o conteúdo deste blog além de informações de utilidade pública, um manual prático para pacientes e muitas novidades.

O blog continuará no ar, porém novos artigos serão publicados somente no site oficial. Espero que gostem!

24 de abril de 2006

Formação e Atuação Profissional



  • Formado pela faculdade de medicina da UFRJ e com especialização e pós-graduação em Psiquiatria pelo Instituto Philippe Pinel, Rio de Janeiro, onde realizou sua residência médica entre 1999 e 2001.
  • Título de especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria, da qual é membro desde 2001 e Membro da Sociedade Internacional de Pesquisa em Esquizofrenia (Schizophrenia International Research Society) desde 2005.
  • Autor do livro "Entendendo a Esquizofrenia: Como a Família pode Ajudar no Tratamento?", publicado em 2009 pela Editora Interciência.
  • Editor do portal "Entendendo a Esquizofrenia" www.entendendoaesquizofrenia.com.br
  • Foi pesquisador do programa de Esquizofrenia e Cognição do Instituto de Psiquiatria da UFRJ (IPUB), entre 2000 e 2007.
  • Coordenou o Programa de Psicoeducação para familiares de portadores de esquizofrenia do Centro Psiquiátrico Rio de Janeiro (CPRJ), da Secretaria de Estado de Saúde, entre 2000 e 2007.
  • Foi psiquiatra do Instituto Nacional do Câncer (2006-2007), da Rede D´or (Hospital Dr. Badim - 2008), da Clínica São Vicente da Gávea (2007-2009) e da Secretaria Estadual de Saúde (2001-2010).
  • Participa de congressos nacionais e internacionais, sendo os mais recentes a Conferência Internacional da Sociedade de Pesquisa em Esquizofrenia, em Florença, Itália (2010) e o Congresso Brasileiro de Psiquiatria, em São Paulo (2009).
  • Atualmente atua na clínica privada e faz pesquisa sobre intervenções/terapias de famílias com pacientes com transtornos mentais graves, no Instituto de Psiquiatria da UFRJ (IPUB).

20 comentários:

Anônimo disse...

Tenho lido seus posts e acho muito interessante.Poderia me tirar uma dúvida?O medicamento e eutonis contribui para o aumento ou redução de peso de uma pessoa?

Obrigada pela atenção

Melissa-Paraná

Dr. Leonardo Figueiredo Palmeira disse...

Melissa,

obrigado pelo seu comentário.

O medicamento Eutonis é um ansiolítico (cloxazolam)e é usado para a ansiedade. Seus efeitos não costumam causar nem ganho nem perda de peso. Em pessoas ansiosas, que comem como forma de conter a ansiedade (compulsão alimentar), ele pode ajudar a reduzir a compulsão, por estar atuando contra a ansiedade e, desta forma, ajudar na redução do peso corporal. Estudos têm demonstrado que o uso prolongado de qualquer ansiolítico pode aumentar o peso em alguns pacientes mais suscetíveis ao ganho ponderal, mas essa não costuma ser minha observação clínica.

Um abraço,
Dr Leonardo

Socorro disse...

Graças ao Sr. estou tendo a oportunidade de ter mais conhecimento sobre a esquisofrenia. Tenho um filho de 20 anos que sofre deste mal e gostaria de tirar uma dúvida. Ele está tomando diáriamente 3 comprimidos de geodon 40 mg, e toma também 3 comprimidos de seroquel 200mg. Esta medicação está correta? Esta medicação não vai prejudica-lo?.
Agradeço desde já!

Socorro Cavalcanti

Anônimo disse...

Gostaria de nos parabenizar pela cumplicidade no tratamento. Porque se um paciente nao confiar no trabalho expressivo e bem feito de seu médico, então, não haverá resultados sequer para a o seu bem estar. Sou sua paciente e o dia em que assumi que algo acontecia com o meu humor,tive a certeza que a melhor especialidade para se procurar seria a psiquiatria, da qual todos temem pela palavra. Porém quando todos diziam para eu procurar um neurologista , imaginei logo que se algo me incomodava primeiro emocionalmente deveria ir a uma consulta com o psiquiatra, pois seria através dele que começaria um caminho para o meu bem estar e se preciso fosse ele me encaminharia a um neuro. Até porque o Sr. também me exigiu exames da área neurologica para uma avalição conclusiva antes de começar um tratamento sem saber se o paciente teria um problema neurológico. Então fez o seu diagnóstico com um tamanho sucesso direcionado a bipolaridade que é um sintoma que quase todos hoje em dia tem. E que se fosse a um neuro além de não diagnosticar dessa forma me receitaria talvez um lexotan para a agitação ou diasepan (remédios nao muito recomendados para esses sintomas e bem antigos) tendo em vista hoje temos remédios de última geração. Não tenham medo de ir a um psiquiatra se vc sentir algo que emocionalmente lhe chame a atenção. E confie sempre no especialista se ele for bem esclarecido, lógico , capaz e inteligente e com um bom senso de avaliação como DR. Leonardo Palmeira. Ao Sr.Dr. Leonardo, sucesso e continuidade no trabalho humano.
Rj, 23/01/09.
Obrigada.

Alexandra Morim disse...

De:Alexandra Morim

Graças ao Dr Leonardo minha vida melhorou muito ainda não estou 100%pois tenho pouco tempo de tratamento mais já agradeço demais tudo que tem feito por mim com sua ajuda estou voltando a viver não sei o que seria de mim caso não tivesse encontrado esse super profissional sendo dedicado e atencioso serei eternamente grata .

Agradeço desde já toda sua atenção em minhas consultas

Abraços

Dr. Leonardo Figueiredo Palmeira disse...

Alexandra,

Obrigado pelo seu carinho e reconhecimento. Fico feliz em saber que meu trabalho está fazendo uma diferença na sua vida e esse é o propósito do tratamento. É nesses momentos que sinto estar cumprindo o meu papel!
Um grande abraço e pode contar sempre comigo,

Dr Leonardo

ana carolina richiteli disse...

olá doutor, gostaria de saber se venlafaxina costuma nos deixar ás vezes nervosa, outras apática,de repente cheia de disposição. isso é normal? tomo venlafaxina 150mg e eutonis 2mg.Comecei o tratamento há 18 dias.
obrigada, um abraço!

Dr. Leonardo Figueiredo Palmeira disse...

Ana,

os antidepressivos podem alterar o humor, tanto para melhor, como no caso da depressão, como para pior, como no caso dos pacientes com Transtorno Bipolar. Neste último caso, antidepressivos podem deixar a pessoa mais ansiosa, nervosa ou agressiva/irritada, ou então, provocar episódios de euforia, conhecidos como virada maníaca ou hipomaníaca. Seria preciso você conversar com seu psiquiatra para ver se este seria seu caso. Um abraço!

Anônimo disse...

Olá, Dr. Leonardo. Faço tratamento com eutonis 2mg e limbritol contra depressão desde janeiro. No começo estes medicamentos foram maravilhosos e me fizeram voltar a ter uma vida quase "normal", pois antes praticamente não saia do quarto, além das crises de choro e apatia perante a vida.
Há cerca de um mês sinto que os efeitos não são mais os mesmos e aos poucos estou voltando ao meu antigo estado. Isso é normal?

Anônimo disse...

Olá Dr Leonardo, hoje fui a uma consulta e a médica me passou flox 2 mg e eutonis 20 mg, tenho fobia social com todos os sintomas e com fotissímo grau de ansiedade, gostaria de saber se essa combinação é correta, não que eu não confie na médica, é por que foi a primeira consulta que eu tive com ela, e já tomei frontal por um tempo passado por outro médico. Obrigada pela atenção...amei seu blog!

Bruxinha Renata disse...

Olá Dr. Leonardo. Parabéns pela iniciativa de criar um blog para esclarecer dúvidas e para poder ficar mais perto dos seus pacientes. Muito Bom!!! Mas eu tenho uma dúvida: Venho notando que meus 2 filhos são diferentes dos demais, preferem brincar sozinhos, tem atraso psico-motor, acho que talvez eles tenham Síndrome de Asperger. Não sei se levo eles no seu consultório ou em outro médico especialista neste tipo de síndrome, ou no CARIM do IPUB, o que o Sr. acha? Desde já agradeço.

Dr. Leonardo Figueiredo Palmeira disse...

Renata,

não atendo crianças, somente após os 12 anos de idade. O IPUB tem um serviço de psiquiatria infantil muito bem conceituado e acho uma excelente opção. Boa sorte e um abraço!

elis disse...

BOA TARDE GOSTARIA DE SABER SE O LIMBITROL TEM A MESAM FORMULA NO GENERICO EU COMPREI O GENERICO CLORIDATO DE AMITRIPILINA????? DESDE JA OBRIGADO ELISANGELA

Anônimo disse...

Ola, dr eu estou com um problema.Minha mãe eh separada e eu tenho um irmão sindrome de down.Ela possui transtorno bipolar e torra dinheiro o problema eh q ela não trabalha e o dinheiro q ela torra eh meu e do meu irmão.Eu jah tenho 20 anos e passei para uma faculdade publica mas o meu irmão de 14 anos precisa de estudar e ela estah no momento sem dinheiro para pagar os estudos dele e toda a vez q eu falo com ela sobre isso ela me bate eu estou agora com varios ematomas no corpo por ter cobrado o pagamento das aulas dele.Ela foi internada ha 4 meses.Estah com uma psciquiatra.Eu estou desesperada pq quero levar o meu irmão para o meu pai e temo q se fizer isso ela cometa suicidio.Existem coisas piores que ocorreram mas não teria como postar aki.A unica coisa q eu sei eh q ela se tratou durante 6 anos com um medico e tomou Geodon durante esse periodo ela estava otima porem esse medico precisou se mudar e ela passou a se tratar com outra medica porem ela começou a piorar, a medica trocou a medicação dela para Ablyf caro e na minha opinião ineficaz foi neste periodo q ela surtou e a gente teve de interna la na clinica ela passou a tomar halldol porem qndo deixou a clinica retornou a medica que soh faz diminuir a quantidade de halldol ela estah gastando dinheiro eu e a minha familia estamos sofrendo ela se recusa a mudar de medico.Gostaria de ouvir sua opinião se essa recaida ocorreu pela retirada do geodon ou faz parte da doença pq eu estou realmente desacreditada da atual medica dela e não aguento mais sofrer(eu mesma estou tendo de tomar ancioliticos receitados pela minha psciquiatra pq tbm tenho tdah enfin...)Obrigada

Anônimo disse...

Caro Dr. Leonardo:
Fui a um médico, psiquiatra, que me receitou 1mg de Eutonis ao dia.( Tenho sofrido de um pouco de insônia, alguns medos, um pouco nervosa,etc). Quando vi que o remédio é tarja preta, me assustei. O Eutonis causa dependência? Vou precisar sempre tomá-lo para dormir?
Meu médico disse que não, mas ainda assim me preocupo por ser tarja preta. Grata pelo esclarecimento!Júlia-Goiânia

Anônimo disse...

Olá DR., existe algum indício de que o medicamento EUTONIS possa mexer com a libido masculina ? Obrigado.

Anônimo disse...

Dr. tenho um sobrinho que acorda com o coração acelerado e ele fica em pânico e não consegui mais dormir o médico passou rivotril 2mg prá ele, nesse caso essa medicação faz muito efeito para esse caso?
Aguardo resposta e ficarei muito grata.

Anônimo disse...

DR. minha Mãe tá depressiva e tomando tofranil de 25mg e olcadil de 2mg mais estou achando demorar para sair do quadro é assim mesmo?

Arlan disse...

DR. minha irmã tem iscrisofenia a três anos um medico passou uns medicamentos e ela se deu bem com os medicamentos ,so que as uns 15 dias atrás ela teve uma recaida o medico falou que é porque o arganismo dela se acostumou com o medicamento e por isso ñ da mas efeito e mudou toda a medicação dela, ele passou o eutonis, carbolitium e meleril só que ela sente muito sono e ñ consegue dormir fica muito agitada
asvezes muito agresiva, eu acho que é por causa da medicação o que o DR. acha cera a medicação ou não.

Anônimo disse...

Olá Dr. Leonardo, penso apresentar algum disturbio bipolar, pois no mesmo tempo q sinto uma tristeza enorme, sinto também uma euforia exagerada... o médico me receitou Eutonis, será q este é o caminho para o tratamento??