VISITE MEU NOVO SITE!

Caro Leitor,

quero convidá-lo a acessar meu novo site leonardopalmeira.com.br. Lá você vai encontrar todo o conteúdo deste blog além de informações de utilidade pública, um manual prático para pacientes e muitas novidades.

O blog continuará no ar, porém novos artigos serão publicados somente no site oficial. Espero que gostem!

20 de dezembro de 2009

Feliz Natal e um 2010 de muita saúde, paz e sucesso a todos!




7 comentários:

Eloisa Maranhão disse...

tem alguns filmes que eu gosto muito que abordam doenças mentais e não estão na sua lista: Betty Blue, A Prova e Os 12 macacos...

Anônimo disse...

Eloisa Maranhão,

Estes filmes que voce citou não fazem nenhuma referencia a doenças mentais. Devemos aprender a separar filmes de ficção de filmes que se baseiam em fatos reais.

Eloisa Maranhão disse...

não sei se o anonimo assistiu esses filmes, pois fazem referência a doenças mentais o filme inteiro; em A Prova, tanto o pai quanto a filha são esquizofrênicos, e mostra muito bem a doença; Betty Blue é um caso claro de transtorno bipolar com psicose; Os 12 macacos tb mostram doenças mentais... mas eu tenho mesmo dificuldade de separar ficção de "casos reais", e não sei pq devemos aprender a separar isso quando se trata de filmes... eu gosto muito de ficção e de casos reais tb, assim como de pesquisa científica pura e divulgação científica (que muitos consideram "subtipo")... eu citei os filmes pq no site pergunta se já havíamos assistido outros que falam de doenças mentais, mas não tinha entendido que tem que ser filmes baseados em casos reais... mesmo pq o segredo de neverwas e melhor é impossível não são baseados em fatos reais e estão citados... de qq forma, desculpe pelo meu atrevimento de citar os filmes...

Eloisa Maranhão disse...

acho que mr. jones tb não é baseado em caso real...

Anônimo disse...

Acontece que filmes que não são baseados em fatos reais aumentam o estigma contra a doença. Voce sabe quais são as consequencias do estigma para um doente mental?
Ou melhor, se voce fosse portadora de esquizofrenia voce iria saber com mais nitidez a diferença entre um filme de ficção e a realidade. Não tenho nada contra em voce considerar estes filmes como casos de doenças mentais, mas citá-los como referencia a doenças mentais é muita utopia. Aprenda a ser crítica em relação a mídia, porque o que mais acontece são casos de individuos manipulados pela mídia e iludidos pela realidade. Portanto antes de propor filmes para a lista procure se informar com o psiquiatra deste site sobre o que é doença mental, e como distinguir uma ficção da realidade.

Dr. Leonardo Figueiredo Palmeira disse...

Não é questão do filme ser baseado ou não em fatos reais ou obra de ficção. O problema que existem filmes que retratam a doença mental de forma preconceituosa e estereotipada. Não quero desmerecê-los como arte, mas para as pessoas que sofrem de transtornos mentais e seus familiares é muito negativo, pois mostra um lado irreal e ajuda a estigmatizar ainda mais as doenças mentais. São como filmes sobre o holocausto, existem uns que retratam fielmente o que aconteceu, outros que são ofensivos aos judeus. Não sei se este é o caso dos filmes sugeridos pela Eloisa, os vi há muito tempo e não me lembro bem como retratam a psiquiatria. Vou até revê-los para emitir uma opinião mais embasada. Mas acho que esse é um espaço livre para as pessoas trocarem idéias e divergirem opiniões.

Anônimo disse...

Um filme de ficção escrito por um psiquiatra, ou com embasamento cientifico(consulta a um psiquiatra) por exemplo é uma coisa. Agora, filmes dirigidos por diretores que nunca ouviram, nem se informaram sobre doenças mentais é conto da carochinha.Porque no fundo, muitos peersonagens tem problemas psicologicos, isso acontece até em filmes infantis, mas não quer dizer que tenha uma doença mental. Ha casos tb que os atores se drogam para dar mais vida ao personagem, mas nao e so porque a personagem imagina coisas que podemos dizer que ela e esquizofrenica, percebe?